Descobrimento: historiador Marcus César Cavalcanti lança livro que contesta tese de que o Brasil foi descoberto no RN

O historiador e publicitário Marcus César Cavalcanti lança na próxima quinta-feira, dia 25, o livro “Brasil – Descobrimento e Posse”, cuja noite de autógrafos acontecerá no Iate Clube de Natal, a partir das 20 horas. O teor do livro assinado pelo historiador potiguar vai de encontro a tese de alguns historiadores de que o Brasil foi descoberto na praia de Touros, o Rio Grande do Norte e não em Porto Seguro, na Bahia, como diz a historia oficial sobre o descobrimento.

“O livro “Brasil – Descobrimento e Posse” trata-se de uma narrativa que desmonta a hipótese do Descobrimento do Brasil em terras potiguares. Sem pretender apossar-se da verdade absoluta, o estudo se alicerça na consolidada historiografia brasileira reconhecida pela intelectualidade brasileira e do mundo afora” diz Marcus Cavalcanti.

Segundo o autor, que também é diretor da revista Foco Nordeste, o livro tem a intenção de contribuir para o esclarecimento das interpretações equivocadas sobre o assunto, utilizando argumentos que detalham toda uma cronologia de fatos que culminam na reafirmação do Nascimento Jurídico do Brasil em terras potiguares, com o registro da Posse da terra brasileira no ano de 1501, mas, não do descobrimento em 1500. “Tratam-se de fatos completamente diferentes um do outro”, explica.

O fato é que as diversas suposições que servem de sustentação para a hipótese do descobrimento do Brasil ter ocorrido no RN, são categoricamente contestadas pelo autor, que de argumentos que, segundo ele, são incontestáveis.

Prefeitura de Santa Cruz amplia e faz melhorias na iluminação pública

A Prefeitura de Santa Cruz vem reforçando a iluminação pública na zona urbana do município. Esta ação está sendo uma das prioridades nesse início de gestão do prefeito Ivanildinho.

Nesta quarta-feira (17) os profissionais da equipe da secretaria municipal de Transportes e Obras Públicas, que coordena esse trabalho, iniciaram os serviços de substituição das lâmpadas dos postes que ficam às margens da BR 226, no trecho que corta a cidade. Estão sendo trocadas as luminárias amarela por lâmpadas mais potentes, de cor branca.

Nos próximos dias, a BR 226 terá todas as suas luminárias substituídas.

No início dessa semana, a Prefeitura de Santa Cruz reforçou também a iluminação pública em ruas do entorno do Parque Ecológico. Essa ação atende a uma demanda de vários moradores e de usuários do equipamento público utilizado para a prática de exercícios físicos.

Iberezão

A secretaria municipal de Transportes e Obras Públicas também iniciará nos próximos dias um reforço na iluminação da parte interna do Estádio Iberezão. Serão instalados novos refletores nos seis postes de iluminação da praça esportiva.

Esta ação oferece uma alternativa mais econômica e que permitir que as pessoas possam utilizar a pista de atletismo para suas caminhadas noturnas. O objetivo é deixar o local bem iluminado sem que a iluminação principal, utilizada em grandes eventos e de grande consumo de energia, seja acionada.

Projetos

O prefeito Ivanildinho determinou que fossem elaborados novos projetos de Iluminação pública. A intenção é que as próximas ações nesse sentindo beneficiem ruas do bairro Maracujá, Cega Matilde e Alto do Cruzeiro.

O prefeito de Santa Cruz também já anunciou que fará a instalação de postes e de lâmbadas no trecho da BR 226 que ainda não dispõe de iluminação, na saída para Natal, até o local conhecido como “tira chapéu”.

Coletiva de imprensa apresenta programação da Festa de Santa Rita 2019

Foto: Rodolfo Rodrigues

Representantes da Prefeitura de Santa Cruz, Paróquia de Santa Rita de Cássia e Polícia Militar se reuniram nesta quarta-feira (17) para definição dos detalhes da coletiva de imprensa que vai apresentar a programação da Festa de Santa Rita de Cássia 2019. Esse é o primeiro evento de um mês festivo como é maio, na cidade de Santa Cruz.

O evento acontecerá no dia 3 de maio, no Santuário de Santa Rita de Cássia, iniciando a programação com o “Pôr do Sol no Santuário”, evento musical com artistas da cidade, e em seguida a entrevista coletiva. No espaço, cada entidade local apresentará sua responsabilidade na festa e a programação preparada para o período de 13 a 22 de maio em Santa Cruz.

“Nossa coletiva apresentará todas as novidades que preparamos para a programação religiosa e sociocultural da festa e será um espaço para que a imprensa norte-rio-grandense conheça ainda mais nossos festejos, que tem crescido a cada ano”, enfatizou o prefeito Ivanildinho Ferreira.

O Padre Vicente Fernandes vê neste evento um momento de diálogo com a sociedade antes do início dos festejos. “A comunidade conhece um pouco mais das festividades, se programa para participar e é um momento de confraternização às vésperas de uma grande festa”, avaliou.

O evento contará com a participação da imprensa, de diversas regiões do estado, bem como comerciantes e demais autoridades civis de Santa Cruz e região.

Torre central da Catedral de Notre-Dame desaba

Governo assina ordem de serviço da RN-118 em maio

O Governo do RN deve assinar em maio a ordem de serviço para retomada da reconstrução da rodovia RN-118, entre Jucurutu e Caicó. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (15) pelo secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, em reunião com lideranças de Jucurutu, técnicos do projeto Governo Cidadão e um engenheiro da empresa responsável pela obra, desacelerada por causa das fortes chuvas na região Seridó.

A obra está com um avanço de 77%. Para a finalização, restava a readequação técnica do projeto de um trecho de 1,2km (para garantir a durabilidade do pavimento), além da instalação das defensas metálicas e da sinalização. A estrada tem 47,56km de extensão e deve ser concluída até agosto deste ano. O investimento é de R$ 28 milhões, feito pelo Governo do Estado, por meio do Governo Cidadão, com recursos do Banco Mundial.

Na reunião, os representantes do município sugeriram a extensão do projeto inicial do Governo Cidadão em Jucurutu, com a realização de outras obras – a estrada para a Serra João do Vale, o anel viário da cidade e a Central do Cidadão.

O secretário Fernando Mineiro explicou, porém, que o contrato atual não pode ser alterado, mas que há planos para novos investimentos. “Além de administrar o contrato da RN-118, nós vamos abrir uma nova demanda junto ao Banco Mundial para elaborar um novo projeto executivo em Jucurutu”, explicou.

Estiveram presentes, os vereadores Francinildo Aquino, Fagner Bezerra de Brito, Jubiratan Saldanha, Edivan Fernandes, Paula Torres, Rubens Barbosa e Willame Lopes, de Jucurutu; a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) local, Maria Elizabeth Crispim; o secretário municipal de Obras, Fylippe Mello; o gerente de Engenharia do Governo Cidadão, Sérgio Araújo; o gerente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN), Nicodemus Ferreira; o engenheiro Andrei Fornazier, da ATP Engenharia, responsável pela obra; e o deputado estadual Nelter Queiroz.

Fotos: João Vital

Catedral de Notre-Dame em chamas

Um incêndio de grandes proporções está destruindo a Catedral de Notre-Dame, em Paris.

O templo é um dos pontos turísticos de maior visitação da capital francesa, e mobiliza todas as redes sociais nas coberturas.

Péricles Rocha diz ser vítima de “injustiça” da Justiça Eleitoral

O trocadilho é infame, mas não custa nada usar para indicar o sentimento do ex-prefeito e ex-candidato na eleição suplementar 2019, em Santa Cruz. Péricles Rocha comentou sobre a condenação, ainda em primeira instância, por parte dele e do seu vice na chapa, Paulo César Beju.

Péricles considera que foi um ato alheio ao seu conhecimento. “A população achou por bem colocar uns cartazes nos postes, no bairro do Paraíso. Eu soube por um blog que noticiou isso lá. Ao ser notificado pela Justiça, eu mandei meu pessoal para retirar, mesmo sem ter culpa de nada e sem saber quem tava colocando isso”, explicou.

Quebrando o silêncio após as eleições municipais, suplementares, Péricles ainda comentou: “A Justiça me condena por uma coisa que eu não participei. Me condenada solidariamente. Solidariamente a que? Não fui solidário a nada disso”.

“Mas o que nos cabe é recorrer e aguardar o julgamento. Eu acho que neste caso, a Justiça está sendo injusta comigo”, finalizou.

ENTENDA O CASO

No dia 31 de janeiro, às vésperas da eleição suplementar, o bairro do Paraíso amanheceu com dezenas de cartazes espalhados pelos postes da localidade com a frase: “Paraíso! Valoriza o que é teu”. A coligação de Ivanildinho e Glauther entenderam essas mensagens como uma campanha irregular para favorecer a chapa da oposição, sendo o candidato a vice do referido bairro.

A polêmica foi parar na Justiça Eleitoral, que determinou a retirada dos cartazes e ainda considerou o material como propaganda eleitoral irregular.

COSERN realiza manutenção na rede elétrica de Santa Cruz

Por meio de uma nota, a Cosern comunica que, para realizar serviços de melhoria na rede elétrica, será necessário interromper temporariamente o fornecimento na quinta-feira, 25, das 07h30 às 13h30, no bairro Alegre, Rua Jonas Vital dos Santos e adjacências, no município de Santa Cruz.

Caso os serviços sejam realizados antes do horário previsto, a rede será energizada sem aviso prévio.

Justiça define multa eleitoral a Péricles e Paulo César

Já foi publicado no diário eletrônico da Justiça Eleitoral uma sentença contra os ex-candidatos Péricles Rocha e Paulo César.

A justiça condenou os candidatos ao pagamento total de R$ 14 mil, de multa. O motivo foi a fixação de mensagens em vias públicas, com apoio aos candidatos do grupo da oposição.

Confira a decisão:

Sentença

Jornalista Rosemilton Silva é homenageado pelo deputado Tomba Farias na Assembleia Legislativa

Decano da imprensa potiguar, o jornalista santa-cruzense Rosemilton Silva foi o nome escolhido pelo deputado estadual Tomba Farias (PSDB) para receber a homenagem da Assembleia Legislativa do RN, durante sessão solene realizada na manhã desta quinta-feira (11), em comemoração ao dia do jornalista.

“Rosemilton é uma pessoa que sempre se destacou no jornalismo potiguar. Ele é um dos mais experientes jornalistas de automobilismo do Brasil. É um profissional com experiência no rádio, jornal, televisão, sempre contribuindo com seu conhecimento em favor do povo potiguar”, ressaltou.

Aplaudido de pé no plenário lotado, o homenageado também destacou a importância de receber a honraria na Assembleia Legislativa. “Eu fico muito feliz, alguma coisa que vem do deputado Tomba Farias para mim é sempre muito bem-vindo, Tomba tem uma característica que ele reconhece muito a importância das pessoas que conviveram com ele, do lado dele, por isso eu fico muito feliz em ser homenageado por ele, pela lembrança dele em uma pessoa da cidade de Santa Cruz”, elencou.

Além de Rosemilton Silva, outros 23 profissionais foram agraciados com a honraria entregue pela Casa, no Plenário Clóvis Motta.

Tradicional Procissão do Encontro acontece nesta sexta-feira (12)

Centenas de fiéis devem sair às ruas do centro de Natal, no final da tarde desta sexta-feira, 12 de abril, para a tradicional Procissão do Encontro. Antecedendo à procissão, serão celebradas duas missas: às 16h30, na Igreja Matriz do Bom Jesus das Dores, na Ribeira, presidida pelo vigário episcopal urbano, Padre Flávio Herculano, e, às 17h, na Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta, presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. Logo após, um grupo de fiéis sairá em caminhada, da Ribeira, conduzindo a imagem do Bom Jesus dos Passos, e outro grupo sairá da Matriz da Apresentação (antiga Catedral), conduzindo a imagem de Nossa Senhora da Soledade.

As duas procissões se encontrarão na Catedral Metropolitana, onde será feita o ‘Sermão do Encontro’, proferido pelo pároco da Paróquia do Bom Jesus dos Navegantes, Padre Rodrigo Paiva.

A Procissão do Encontro é uma tradição com mais de cem anos de existência, em preparação à Semana Santa.

Tem início a campanha de vacinação contra a gripe

A Prefeitura de Santa Cruz, por meio da secretaria municipal de Saúde, orienta os santa-cruzenses que fazem parte dos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde para procurarem a Unidade Básica da Saúde mais próxima de sua casa para se vacinarem contra a Influenza (gripe).

A campanha de vacinação foi iniciada nesta quarta-feira (10) e segue até o próxima dia 19 de abril exclusivamente para crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mulheres como até 45 dias após o parto) e idosos com 60 anos ou mais. A partir do dia 22 de abril até o dia 31 de maio, além dos grupos já mencionados, deverão se vacinar portadores de doenças crônicas não transmissíveis, trabalhadores da saúde e professores de escolas públicas e privadas.

Segundo a secretaria municipal de Saúde, em Santa Cruz pouco mais de 11 mil pessoas, juntando todos os grupos prioritários, estão aptas para receber a vacina. A meta é imunizar pelo menos 90% desse quantitativo.

A vacinação é extremamente importante para imunizar a população da gripe e suas complicações, sobretudo, os indivíduos mais vulneráveis definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Concurso Mais Bela Voz Estudantil será dividido em duas datas na Festa de Santa Rita

A programação oficial da Festa de Santa Rita de Cássia começa a ser desenhada, após reunião Paróquia de Santa Rita e Prefeitura de Santa Cruz. Um dos principais destaques da programação social e cultural é o concurso musical, “Mais Bela Voz Estudantil”, que agita as escolas municipais, estaduais e as instituições de ensino técnico e superior.

As inscrições foram abertas nesta terça-feira (09) e seguem até o dia 19 de abril, por meio do site http://amaisbelavoz2019.wixsite.com/belavoz2019. O concurso, um dos mais prestigiados em Santa Cruz, contará mais uma vez com duas categorias: menores que 14 anos e acima dos 14 anos sem limite de idade. A organização do mesmo ficará com a Secretaria Municipal de Cultura.

A Prefeitura alerta que “as escolas devem ficar atentas aos prazos para inscrição, garantindo que seus jovens talentos participem do principal concurso musical de Santa Cruz”.

Walter Alves expõe racha no MDB do RN

Bastou uma pergunta do prefeito de Coronel Ezequiel, Boba, para pegar fogo a “internet política”.

Confira:

A resposta de Walter Alves expõe uma crise pré-eleitoral, eleitoral e pós-eleitoral vivenciada pelo MDB do Rio Grande do Norte, principalmente na família Alves. Já teve tempo que Carlos Eduardo brigou com Gari e Henrique, e agora uma situação mais tensa.

O partido já sofreu uma grande derrota nas últimas eleições e vem encolhendo, perdendo espaços para novas lideranças e legendas. O racha na família Alves deve ampliar essa crise.

Controladoria do Estado encontra série de irregularidades na Ceasa

Descontrole no acesso ao estacionamento e entrada de mercadorias, inadimplência milionária em aluguéis e taxa de condomínio defasada em dez anos foram algumas irregularidades diagnosticadas no relatório elaborado pela Controladoria Geral do Estado, encomendada pela presidência da Central de Abastecimentos do RN (Ceasa). A intenção é dar início a uma série de medidas visando a gestão eficiente e a recuperação de receita do órgão.

“O problema do estacionamento talvez seja o mais gritante. Qualquer veículo pagava R$ 2 e tinha acesso. No único mês em que houve controle, durante uma troca de gestão, a arrecadação duplicou. Nossa expectativa é, com esse controle, um faturamento de R$ 190 mil ao ano só com estacionamento”, estimou o controlador adjunto do Estado, Fábio Silveira.

O valor acumulado de aluguéis atrasados dos permissionários ao longo de 15 anos atingiu o patamar de R$ 2,5 milhões (valor bruto, sem correção monetária ou juros). “Infelizmente só poderemos cobrar R$ 1,2 milhão desse valor, porque o restante prescreveu”. E Fábio Silveira ressalta que esse passivo é devido por grandes lojas. “Não são os pequenos comerciantes. São, em maioria, as chamadas lojas shopping que devem e precisam pagar ao Estado”.

Afora a inadimplência de 221 lojas (das 442 existentes na Ceasa), o valor do aluguel está defasado em 62%, se comparado os índices de 2003 e 2013. De acordo com previsão do controlador adjunto, a correção dos valores e o pagamento parcelado dos inadimplentes podem render R$ 4,8 milhões ao ano para o Estado.

Outra medida prevista para equilibrar a gestão do órgão é a divisão condominial entre os permissionários. Hoje, a Ceasa arca com todos os custos de água, luz e demais itens de manutenção do equipamento – um custo de R$ 7,7 milhões anuais ao Estado, mesmo com o condomínio mais barato do Brasil, a R$ 3,31 o metro quadrado. Em Pernambuco, por exemplo, o valor do condomínio é R$ 13,85.

“A implantação dessa divisão de custos e o reajuste no condomínio gerará uma receita de R$ 2,5 milhões ao Governo. Essa e outras medidas de controle e fiscalização possibilitará, já para o próximo ano, um superávit inédito no órgão há pelo menos 15 anos e permitirá ao Governo do Estado amenizar a dívida de R$ 12 milhões da Ceasa, com passivos trabalhistas, contratos com fornecedores, etc”, avalia Fábio Silveira.

Para o presidente da Ceasa, Flávio Morais, são décadas de descaso com o órgão e falta de transparência na prestação de contas e informações. “Essa auditoria direcionará medidas emergenciais para implantarmos em até 45 dias e ajustarmos as contas e o controle para que a Ceasa volte a ser um órgão superavitário”, frisou Flávio Morais.

Sinal Fechado: MPF denuncia advogados por tráfico de influência e lavagem de dinheiro

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou os advogados Hélio Gurgel Cavalcanti, Jaraitan Alves de Oliveira Mouzinho, Adonias do Santos Costa e Antônio José Dantas Corrêa Rabello por lavagem de dinheiro e, os três primeiros, por tráfico de influência. Os crimes foram descobertos pela Operação Sinal Fechado. A denúncia já foi recebida pela Justiça Federal, que também determinou a indisponibilidade de bens dos réus, no montante de R$ 87 mil.

A Sinal Fechado investigou irregularidades cometidas no Detran/RN entre 2008 e 2011, incluindo o contrato com o Consórcio Inspar – do empresário George Olímpio – para o serviço de inspeção veicular ambiental no Rio Grande do Norte. No ano de 2011, esse contrato vinha sendo questionado em um processo judicial de autoria do Ministério Público Estadual (MPRN) e, na tentativa de deslocar a competência para a Justiça Federal (JF), George Olímpio ofereceu dinheiro aos quatro advogados.

A intenção era que eles, sobretudo Hélio Gurgel, conseguissem fazer com que o Ibama (órgão federal) demonstrasse interesse em participar do processo e assim obtivesse a mudança da ação para a esfera da JF. Na Justiça Estadual o MPRN já havia obtido uma liminar suspendendo o contrato de inspeção veicular e o objetivo com o deslocamento de competência, segundo o empresário, seria obter “um tratamento supostamente menos politizado do processo”.

Investigações – Durante as interceptações telefônicas da Sinal Fechado foram monitorados diálogos que sugeriam repasse de propina a servidores da cúpula do Ibama, em Brasília (o que posteriormente foi descartado pela Procuradoria da República do Distrito Federal). Porém, em sua colaboração premiada, George Olímpio confirmou que chegou a pagar R$ 50 mil aos quatro advogados, na expectativa de que Hélio Gurgel obtivesse a interferência do Ibama no processo.

Em 2011, Hélio Gurgel (conhecido como Capitão) era diretor-presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Pernambuco (CPRH), integrante do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama ) e presidente da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema). Jaraitan Alves era assessor da CPRH, enquanto Adonias dos Santos e Antônio José Dantas eram sócios do Escritório de Advocacia Corrêa Rabello, Costa e Associados.

A quantia (R$ 50 mil iniciais de um total previsto de R$ 150 mil) foi repassada de forma disfarçada por uma das empresas de George Olímpio, a GO Desenvolvimento de Negócios Ltda., através de um contrato fictício de prestação de serviços com o escritório de advocacia. E o acerto ocorreu com participação do então suplente do senador José Agripino, João Faustino Ferreira Neto, que apresentou o empresário a Hélio Gurgel.

Os três se reuniram em Natal e “Capitão” afirmou que poderia influenciar servidores da cúpula do Ibama para que o órgão ambiental demonstrasse interesse na ação. Como ocupava um cargo público e não podia advogar, ele recorreu a Jaraitan Alves – cunhado de Adonias dos Santos – e decidiram utilizar o escritório de advocacia como porta de entrada do dinheiro, com aval de Antônio José.

Fracasso – Em uma reunião no escritório, localizado em Recife, ficou acertado o pagamento de R$ 150 mil pela suposta influência de Hélio Gurgel sobre servidores do Ibama. Porém a contrapartida não foi efetivada. Em 8 de julho de 2011, a Procuradoria Federal do Ibama apresentou petição nos autos do processo indicando “não haver interesse federal apto a ensejar a sua intervenção no feito”.

George Olímpio chegou a cobrar informalmente a devolução dos R$ 50 mil pagos, sem sucesso. “Como o ajuste entre as partes era na realidade ilícito, o Consórcio Inspar nem sequer procurou obter judicialmente a restituição da quantia já paga” e “o Escritório de Advocacia Corrêa Rabello, Costa e Associados também não ajuizou qualquer ação para receber o pagamento dos R$ 100 mil restantes, referentes à segunda parcela dos honorários a que teria direito”, acrescenta o MPF.

O contrato de inspeção veicular ambiental acabou sendo anulado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte. A ação civil pública do Ministério Público Estadual permaneceu na Justiça Estadual, tendo sido julgada parcialmente procedente.

Operação – A Sinal Fechado foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual do Rio Grande do Norte com o objetivo de apurar esquema de fraude a licitações, corrupção e lavagem de dinheiro relacionado ao Detran/RN, entre os anos de 2008 e 2011. Um dos alvos da operação foi o contrato de concessão de serviço público de inspeção veicular ambiental, com base no qual se verificou o pagamento de vantagens indevidas a diversos agentes públicos e políticos.

A nova denúncia tramita na 14ª Vara da Justiça Federal sob o número 0801422-54.2019.4.05.8400.

Prefeitos do RN abandonados

O blog conversou com alguns prefeitos do RN e todos confidenciaram: “os prefeitos estão abandonados, não tem nenhuma referência ‘federal’ para nos receber, apoiar e fazer a articulação política aqui no Governo Federal”.

Alguns prefeitos citaram que o deputado Rafael Motta foi o único a sinalizar uma recepção e a colocar o seu gabinete à disposição deles. Quanto aos demais, os gestores relataram um “gelo glacial” quanto ao acolhimento.

Teve um prefeito do Agreste que falou: “Quanto era José Agripino, Henrique e Garibaldi Alves eram outros tempos. Até quem não votava neles estaria lá recebendo informações e tendo um direcionamento. Quando Rosalba foi senadora tinha algo parecido também. Isso não vemos agora na bancada federal”.

Renovação?

Zé Cantor é nova atração na Festa de Santa Rita 2019

Mudanças na lista de atrações da Festa de Santa Rita de Cássia 2019, em Santa Cruz.

Sai Luan Estilizado e entra Zé Cantor.

Xand Avião e Thillio Milionário completam a noite especial da festa da padroeira do Trairi.

Prefeitura de Santa Cruz convoca mais nove professores para o seu quadro permanente

A Prefeitura de Santa Cruz divulgou na última sexta-feira (05) o Edital de Convocação N° 004/2019, convocando mais nove professores para o quadro permanente da administração pública municipal, aprovados no último concurso público realizado em Santa Cruz.

Os candidatos aprovados têm o prazo de 08 a 12 de abril para comparecer a sede da Prefeitura de Santa Cruz, que funciona à Rua Ferreira Chaves, nº 40, Centro, Santa Cruz/RN, de segunda a quinta-feira, no horário das 8h às 11h, e das 8h às 11h, na sexta-feira.

CLIQUE AQUI e acesse o Edital de Convocação 004/2019 com todas as informações necessárias sobre prazos e documentação exigida. Esse mesmo edital também estará disponível no Diário Oficial dos Municípios, na edição da próxima segunda-feira (08).

Os professores convocados são os seguintes:

Professor de Geografia

  • Evandir Laurentino de Andrade

Professor de Matemática

  • Francivan Macedo Guedes

Professor

  • Nizeuda Patrícia Gerônimo Alves
  • Camila Freire da Silva
  • Janielle Pereira da Rocha
  • Claudia Juliette do Nascimento Araújo
  • Francisca Áurea Barbosa de Lima
  • Andreia de Oliveira Silva
  • Maria Gracielle Targino Gomes Dantas

Deputado Tomba Farias diz que governo Fátima Bezerra não tem o que comemorar após 100 dias de gestão

O presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa, deputado estadual Tomba Farias (PSDB), disse na tarde desta segunda-feira, durante entrevista ao programa “Hora Extra da Notícia”, na rádio 91,9 FM, que a governadora Fátima Bezerra (PT) “não tem o que comemorar”, ao completar os primeiros 100 dias de sua gestão. O parlamentar ressaltou que Fátima Bezerra não implementou as reformas necessárias para que o estado pudesse superar o quadro de crise em que se encontra.

“No meu entendimento, Fátima não tem o que comemorar. Ela está tentando por o seu governo em prática, mas não tem avançado, apesar da Assembleia Legislativa ter aprovado com celeridade a questão dos royalties para dar um conforto maior aos funcionários que estão com salário em atraso. Quando foi candidata ao governo, ela sabia que o Rio Grande do Norte estava com as folhas de pagamento atrasadas e portanto não tem o direito de questionar”, destacou.

Tomba Farias enfatizou que até o momento Fátima Bezerra não tomou “decisões duras e não cortou na própria carne” para equilibrar as finanças estaduais. “Quando fui prefeito de Santa Cruz por oito anos, tomei decisões impopulares, demiti funcionários, implantei o pagamento de IPTU e de outros impostos, fizeram passeata contra mim, mas dez meses depois tinha os recursos para começar a administrar a cidade para o povo pobre que precisava do meu governo, explicou.

O parlamentar destacou que a governadora do RN devia ter atuando no sentido de diminuir o tamanho da máquina pública. Além da federalização da Universidade do Rio Grande do Norte, o presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa, declarou que o governo do Estado deveria focar na venda de alguns ativos, como a Caern, o Centro de Convenções e até mesmo o prédio do Aero Clube.

“Vender apenas a conta única do estado e o recursos do royalties não são suficientes para fazer gerir o estado. Eu não tenho nada contra a UERN, mas é uma obrigação que custa muito caro para o governo do estado – R$ 350/ 380 milhões por ano. A quem está beneficiando o Aero Clube, que é um bem do estado? Dá certo o governo gerir o Centro de Convenções? Não dá. Se entregar para a iniciativa privada, o governo vai se ver livre das despesas e das contas, vai entrar um bom dinheiro e ter um novo administrador”, explicou.