Emancipação Política

Emancipação de Santa Cruz será comemorada com programação especial

Santa Cruz vai comemorar sua Emancipação Política, no aniversário de 145 anos, com uma programação especial de 1° a 23 de dezembro. Na lista tem eventos culturais, momentos esportivos, programação natalina, e um resgate da história de Santa Cruz.

Em breve, a Prefeitura Municipal vai lançar toda a programação detalhada dos eventos.

CORREÇÃO DA DATA

Em 2019, o prefeito Ivanildinho Ferreira fez uma correção da data comemorada. Por volta dos anos 1980, houve uma confusão entre as datas de 30 de novembro e 11 de dezembro, sendo a primeira referente ao momento que o nome do município foi corrigido de Vila do Trairi para Santa Cruz.

Ivanildinho conferiu ao município a comemoração da data correta, em 11 de dezembro, quando o deputado estadual Ivo Abdias Furtado de Mendonça e Menezes (1831-1900) apresentou na Assembleia Provincial o pedido para criação do município, desmembrando de São José de Mipibu, no ano de 1876.


contex

Hoje não é feriado!

Ué, 30 de novembro não é feriado?

Nunca deveria ter sido, pois um erro na organização dos feriados municipais colocaram o dia em que a cidade mudou de nome oficialmente como a data da emancipação.

Em 1976, no centenário da emancipação política, o Prefeito Zé Rocha preparou uma comemoração especial. Anos depois, a cidade regrediu nas contas e comemorava 80, 90 e 100 anos, como pode isso?

Em 2019, o prefeito Ivanildinho Ferreira corrigiu esse erro histórico, e por meio de um projeto de lei de autoria do gabinete civil, com o auxílio de historiadores e pesquisadores da cidade, enviou ao legislativo a correção da data e confirmou as demais já existentes. Antes, vários decretos autorizavam os feriados, agora é lei municipal.

Em 30 de novembro de 1914, Santa Cruz passava a se chamar de Santa Cruz. Nós documentos oficiais tinha o nome Vila do Trairi, nome oficial desde a emancipação em 1876. Em 1914, um ato político marcou apenas a mudança de um nome que todos já conheciam e usavam, Santa Cruz.

Lembre dessa data de hoje como só mais um ponto na história, mas só comemore o aniversário da cidade em 11 de dezembro, data em que ganhamos autonomia territorial e administrativa.

Definitivamente, hoje não é feriado!


senhoritta

Prefeitura festeja 60 anos de emancipação de Tangará

A antiga “Estação de Riacho” se transformou ao longo de muitos anos, e hoje carrega o nome de Tangará, um pássaro “dançarino” entre as mais de 500 espécies da Mata Atlântica. Nome colocado pelo seu líder histórico, o Major Theodorico Bezerra.

O passo a passo para criação do município começa com a condição de distrito, alcançado no início da década de 1950. Em 31 de dezembro de 1958, Tangará é desmembrada de Santa Cruz, e consegue sua autonomia administrativa e política, e instalado município em 28 de janeiro de 1959.

Esses 60 anos de emancipação foram lembrados neste sábado, 29 de dezembro, numa vasta programação cultural realizada no final desde mês de dezembro. A cerimônia oficial do aniversário ocorreu na sede da Prefeitura, com discursos e muito bolo. Além do prefeito Jorginho Bezerra, vereadores e lideranças, Tangará recebeu seu filho-deputado, Ubaldo Fernandes.

Um painel foi pintado na sede da Prefeitura Municipal, que décadas atrás abrigou o Banco do Estado do RN (BANDERN). Confira as fotos que o blog registrou:


r87

Show de Vicente Nery encerra programação de Emancipação Política de Campo Redondo

A cidade de Campo Redondo celebrou seus 55 anos com uma extensa programação que começou ainda no início da semana passada. Nesta segunda-feira (26) aconteceu o grande encerramento com shows dos cantores Vicente Nery, Henry Freitas e Kamarguinho, reunindo milhares de pessoas em praça pública. Antes uma missa em ação de graças foi celebrada pelo padre José Manuel, na Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, com a presença do prefeito Alessandru Alves (PROS), vice-prefeita Silvania Karla (PROS), vereadores e a comunidade.

Visitantes do Trairi e Seridó compareceram ao Show do cantor Vicente Nery, que cantou seus grandes sucessos e agradou quem esteve em Campo Redondo. Com a economia aquecida, dezenas de vendedores ambulantes puderam ganhar uma renda extra com o evento. “Agradeço a todos que participaram da nossa programação. Foram muitas as atividades, esportivas, sociais, culturais. Agradecemos a Deus com músicas e celebrações e nos confraternizamos com a juventude e as famílias em grandes shows na praça de eventos. Muito obrigado a todos que vestiram a camisa de Campo Redondo e fizeram nossa emancipação acontecer”, contou o prefeito Alessandru.


m4net

Mais uma emancipação em silêncio

Hoje, 11 de dezembro, Santa Cruz fecha a data de 140 anos de emancipação política. Na mesma data em 1876, o distrito foi desmembrado de São José de Mipibu, através da lei provincial nº 777.

Mais um ano em que o município esquece essa data tão importante. Um marco histórico da luta política, que chega aos 140 anos e passa em branco.

Comemora-se o aniversário de elevação de Vila à Cidade, e deixam no esquecimento a independência, soberania e autonomia do território santacruzense.

Fica aqui registrado o nosso desprezo para tal tratamento com nossa história, e também nossos parabéns para a nossa terra de Santa Cruz.


m4net